quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Universidade trabalha em tecnologia no celular para deficientes auditivos

Por Filipe Albuquerque via MSN

A Universidade de Washington, nos EUA, desenvolveu um aparelho que garante aos surdos a possibilidade de conversar por linguagem de sinais pelo celular. Chamado MobileASL, a tecnologia amplia a qualidade da imagem na região das mãos e do rosto do usuário, deixando o vídeo mais leve que o convencional.

O produto consegue também reconhecer os movimentos do usuário, e assim identifica se ele usa ou não a linguagem de sinais, o que faz com que a bateria dure mais durante a conversa.

O mecanismo será testado por sete semanas por voluntários da universidade. Segundo os pesquisadores, a maioria dos participantes prefere as conversas por e-mail ou via mensagens de textos para comunicação à distância.

Tong Song, estudante da universidade e parte do grupo de testes, o sistema surge como uma alternativa. "Mandar SMS às vezes é muito lento, porque você envia a mensaem e não tem certeza se a outra pessoa já vai ler. Se você usa esse tipo de telefone, é possível conversar em tempo real, o que economiza muito tempo", informa.

OBS.: MobileASL reconhece linguagem de sinais em conversas pelo telefone celular

Um comentário:

Salete Maria disse...

Queremos parabenizar a você pelo blog e convidá-lo a visitar o nosso Cordelirando e ler um cordel sobre a Lei Ficha Limpa.
Neste cordel, Salete Maria nos informa, de maneira clara, porém simples, a respeito deste assunto tão importante, principalmente nos dias de hoje!
Abraço fraterno,
Equipe Cordelirando